segunda-feira, 22 de abril de 2013

Ela não tem a ver com estar por estar e fazer por fazer

A igreja não se limita a um lugar no qual vou ou a coisas que faço neste. É, ela não pode ser contida em um edifício ou em atos padronizados realizados no mesmo. Por que não? Porque ela é o que sou. Sim, o que sou. É o que sou em todo e qualquer momento. Legal, né? Ah, mas é bom deixar claro que o faço não leva-me a sê-la, e sim o contrário, o que sou move-me a procurar fazer o que deve ser feito. 

Obs: Isso tudo não tem nada a ver com filosofia de vida, ok? É vida. Só vida.

A hora vem, e agora é...

Nenhum comentário:

Postar um comentário