quinta-feira, 24 de outubro de 2013

VOCÊ É JURADO OU ADORADOR?


Por estar sempre participando de alguma forma do culto prestado na minha igreja local e por ter participado bastante em outros locais acredito que posso falar de algumas coisas que observo que acontecem com muita frequência nas igrejas. Parece-me que existem momentos no quais aqueles que se dispuseram a dedicar os seu dons a Deus, seja cantando , dançando, orando, pregando ou fazendo qualquer outra coisa no momento do culto são medidos por quem está a observar o que é feito.  Discorda? Tranquilo. Mas não pare de ler não. Ouça mais um pouco o que tenho a dizer e depois tire as suas conclusões.

Voltando...

Dando motivo ou não para isso não cabe na comunhão dos santos tais distrações. Talvez passe pela cabeça de alguém:

“Ah, esse garoto quer aparecer.”
“Ah, olha como ela desafina.”
“Nossa, como ele exagera tocando isso!”
 
Aí meu amigo, sinto te dizer, mas nesse pensamento muitos se perdem e acabam não prestando o culto a Deus. Aí amigo meu amigo, ficamos cegos e surdos para o que Deus tem a nos mostrar e a nos dizer neste encontro.

OBS: O engraçado é que na parte de ouvir que Deus tem bênçãos para nós e que somos especiais nossos ouvidos e olhos funcionam direitinho. Por que será, né?

Mas voltando...

Não estou querendo dizer que o rapaz não está querendo aparecer, nem que a menina não esteja desafinando e  muito menos que o outro não esteja a exagerar, mas sim que isso não possui relevância no que diz respeito a sua adoração a Deus. Você consegue entender? A sua adoração a ele e o seu foco no que Ele tem a te dizer não podem estar condicionados do lado de fora, nas outras pessoas. Até entendo que para quem entrou agora na igreja essa seja uma questão mais difícil de lidar, mas penso que para aqueles que dizem servir a Deus a tanto tempo não deveria existir mais essas dificuldades. Entendo que muito disso se dá pela formação que recebemos nas igrejas. Infelizmente, muitos são religiosos, porém não nascidos do Espírito ainda.

Será que um dia serão? Como saber se você é? Busque a Deus, cara. Desprenda-se das suas convicções e opiniões que nunca te levaram a nada. Ainda há tempo, pow. Se for o caso, seja humilde e admita que por trás dessa mania de julgar existe alguém invejoso querendo estar no lugar do outro. 


OBS: Estar na frente da igreja fazendo o que for não confere nada a ninguém. A nossa salvação é pela graça por meio da fé, e não pelos nossos atos ou obras.

Em relação a aquele que possa estar fazendo alguma coisa com a intenção de se promover ou massagear o seu ego, lembro-me desta passagem:

"E quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de ficar orando em pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos outros. Eu lhes asseguro que eles já receberam sua plena recompensa.
                                                                         Mateus 6:5

O que devemos entender em cima dela? Aquele que queria ser visto, ao ser visto, já recebeu o que queria. A recompensa de Deus, o sentir a presença dEle que nos leva a comunhão com Ele, este não desfrutará.
Se o que há em você é vontade de estar no lugar do outro, peça perdão a Deus, ore pelo outro e, se for da vontade de Deus, se esforce para fazer o que você quer.

OBS: Não é a realidade de todas as igrejas, mas em muitas delas é dado muito espaço para quem quer exercitar algum dom.

Ah...

Lembrando que o fazemos na igreja deve ser continuidade de quem somos e do nosso relacionamento que temos com Deus. Como é que anda o seu? Qual foi a última vez em que buscou por meio da Bíblia através de um estudo sério ouvir o que Deus tem a te dizer e abriu mão de suas convicções e opiniões equivocadas?

Ah, as críticas...

É bom lembrar que, tanto sendo bem ou mal intencionadas, as críticas e notas atribuídas por aqueles que deveriam participar e não assistir ao culto já fizeram muita gente boa se perder. Inclusive os mesmos. Até porque, aquele que é louco por criticar na aguenta ficar sem o fazer num lugar onde tenha gente. Na verdade, talvez até aguente, porém manter a comunhão com Deus, assumindo a posição de Juiz, ele não conseguirá. Talvez até pense que sim, mas não conseguirá. Para o azar deste, gente sempre terá defeitos.

Mas voltando...

Não sabemos como o coração do nosso irmão recebe o elogio ou a crítica, né? Por isso, tenhamos cuidado. Muita gente se perdeu ao se alimentar de tapinhas nas costas e de ouvir parabéns. Assim como também muita gente que ainda não tinha raízes em Deus foram impedidas de ter por falta de sabedoria de quem não soube se comunicar com estes. Eu admito que eu possa ter impedido alguém de conhecer mais a Deus por não saber como falar com este alguém. Provavelmente eu o fiz. Até hoje tenho essa dificuldade. Mas uma coisa eu faço: tento mudar!

Você está tentando? Seja sincero...

Pense nisso... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário